Wilson Witzel acusa Jair Bolsonaro de ter motivado o seu afastamento: 'Estou incomodando prendendo miliciano?'

80Visualizações 2020/8/30
0 0 Salvar Denunciar
  • Clique para assistir mais tarde
X
  • Faça o login para usar
X
  • Feedback enviado com sucesso
Anúncio
O governador do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, foi afastado de suas funções pelo prazo de 180 dias após decisão proferida pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em entrevista após a operação da Polícia Federal, que cumpriu mandados de busca e apreensão na manhã desta sexta-feira (28), o político disparou uma série de ataques, classificando os acontecimentos como um “circo” e uma “decepção”. Também esteve na pauta de acusações do governador afastado o presidente da República, Jair Bolsonaro. Segundo Wilson Witzel, foi o Chefe do Executivo quem motivou a decisão, diante do que considera ser um uso político das atribuições conferidas para a Procuradoria Geral da República (PGR). “Estou incomodando prendendo miliciano?”, questionou Witzel, durante anúncio à imprensa, nesta manhã. “Isso é um ultraje à democracia”, prosseguiu o governador fluminense. “Estou realmente preocupado com o caminho que o Brasil está tomando. Eu já falei como as democracias morrem, é aniquilando adversários”, reiterou o governador afastado, que acredita ser vítima de perseguição política. Wilson Witzel questionou ainda a suposta inexistência de provas encontradas durante a execução dos mandados de busca e apreensão. De acordo com o governador afastado, a PGR estaria perseguindo os governadores da oposição por acusações rasas e infundadas. O nome de Jair Bolsonaro foi citado diversas vezes por Wilson Witzel durante a coletiva de imprensa após o seu afastamento do cargo. Ele recordou que por vezes o presidente da República teria declarado “que quer o Rio de Janeiro”, além de lhe acusar por perseguição ao clã Bolsonaro.
+ Expandir - Retirar
Próximo vídeo
Comentários de usuários

Isenção de responsabilidade:

Este site oprera upload artigos em tempo real. Não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa a opinião pessoal dos redatores e não é a posição deste site. O usuário não deve confiar no conteúdo, mas deve julgar a autenticidade do conteúdo à sua própria.Os redatores têm o direito de escrever artigos neste site.

Como o site está sujeito ao modo de operação "publicação em tempo real", portanto, o sistema não pode verificar todos os artigos a tempo. Se você encontrar um problema, deixe uma mensagem ou entre em contato conosco.

O site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e rejeitar a publicação de qualquer pessoa e também o direito de não excluir o artigo. Nunca escreva linguagem ofensiva, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais. Este site reserva todos os direitos legais.