Bolsonaro abre o jogo sobre auxílio emergencial, preço do arroz e o ‘fique em casa’

2560Visualizações 2020/9/11
0 0 Salvar Denunciar
  • Clique para assistir mais tarde
X
  • Faça o login para usar
X
  • Feedback enviado com sucesso
Anúncio
O presidente Jair Bolsonaro publicou um vídeo em sua conta oficial no Twitter, na manhã desta quinta-feira (10), em que fala sobre o auxílio emergencial, o elevado preço do arroz no Brasil e as questões econômicas em tempos de pandemia do coronavírus. Em março, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a pandemia, teve início uma grande campanha para que as pessoas ficassem em casa. Bolsonaro demonstrava, à época, preocupação com a economia e foi bastante criticado por isso. O trecho do vídeo postado por Bolsonaro mostra ele conversando com um apoiador que afirmou ter criado uma plataforma para gerar empregos com o dinheiro do auxílio emergencial. Bolsonaro voltou a dizer o que já vem dizendo há algum tempo. “A gente sabe que (o auxílio emergencial) é pouco, mas é muito para o Brasil. Era pra durar três meses, passamos pra cinco, e agora não dá mais pra aguentar R$ 50 bi por mês”, disse Bolsonaro.
+ Expandir - Retirar
Próximo vídeo
Comentários de usuários

Isenção de responsabilidade:

Este site oprera upload artigos em tempo real. Não assume nenhuma responsabilidade legal pela autenticidade, integridade e posição de todos os artigos. O conteúdo de todos os artigos representa a opinião pessoal dos redatores e não é a posição deste site. O usuário não deve confiar no conteúdo, mas deve julgar a autenticidade do conteúdo à sua própria.Os redatores têm o direito de escrever artigos neste site.

Como o site está sujeito ao modo de operação "publicação em tempo real", portanto, o sistema não pode verificar todos os artigos a tempo. Se você encontrar um problema, deixe uma mensagem ou entre em contato conosco.

O site tem o direito de excluir qualquer conteúdo e rejeitar a publicação de qualquer pessoa e também o direito de não excluir o artigo. Nunca escreva linguagem ofensiva, calúnia, violência pornográfica ou ataques pessoais. Este site reserva todos os direitos legais.